SULF-MAX

CALDA SULFOCÁLCICA

FUNGICIDA – ACARICIDA – INSETICIDA
Combate ácaros, cochonilhas, tripes, manchas foliares, oídio, míldio, ferrugem, requeima, pinta preta, cercosporiose, antracnose, podridões e outros.
Recomendado para carências nutricionais relacionadas com cálcio e enxofre.  

O que é Calda Sulfocálcica?

Calda sulfocálcica é um produto que surgiu no século XIX, originalmente para banhar animais contra a sarna, mas descobriu-se importância muito maior, sua grande utilidade na agricultura, tanto como defensivo de longo alcance, quanto como fertilizante fornecedor de importantes nutrientes para as plantas: enxofre e cálcio.

Como defensivo é eficaz no controle de ácaros, fungos (principalmente no controle de oídios e ferrugens), insetos sugadores, como tripes e cochonilhas. É indicado para hortas, pomares, jardins e plantas ornamentais.

Como fertilizantes contém em torno de 17% de enxofre e 8% de cálcio.

 

PROPRIEDADES E BENEFÍCIOS

  • Combate ácaros, cochonilhas, tripes, manchas foliares, oídio, míldio, ferrugem, requeima, pinta preta, cercosporiose, antracnose, podridões e outros;
  • Atua como regulador da síntese proteica, evitando excessos de açúcares e aminoácidos livres em sua seiva, o que automaticamente reduz as enfermidades (Trofobiose);
  • Possui ação inseticida contra insetos sugadores (tripes e cochonilhas);
  • Possui ação inseticida contra insetos sugadores (tripes e cochonilhas);
  • Auxilia na limpeza e cicatrização de cortes de galhos ou “ferimentos” casuais. Muito útil na recuperação de árvores de paisagismos urbanos;
  • Converte-se em importante fonte nutricional de cálcio e enxofre. 

DOSAGEM

Aplique diluído a 2% em água; ou seja, 20 ml por litro. Sugestão: use a colher das de sopa como medida, cada colher são 10 ml. Exemplo: 1 colher para meio litro de água ou 2 colheres para 1litro. Em bomba pulverizadora de 20 litros, 2% correspondem a 400 ml.

Em tratamento de inverno, nas frutíferas de clima temperado (uva, maçã, pêssego, figo, etc.), quando as plantas perdem as folhas é utilizado em maior concentração (3 a 4%) para controle de fungos, liquens, musgos e insetos e desinfecção de ferimentos de poda para auxiliar na cicatrização. 

MODO DE USAR

  • Pulverizar ou borrifar nos caules e nas partes de cima e de baixo das folhas.
  • Não aplique sob sol ou chuva. Aconselha-se aplicar, preferencialmente, após as 16h ou pela manhã antes da incidência do sol, porém evite aplicar se houver orvalho sobre as plantas.Em estufas, reduza a dosagem à metade e tome cuidado de aplicar em período mais fresco.
  • Para evitar queima das folhas é muito importante respeitar as dosagens e (por prudência) testar primeiro em uma planta antes de aplicar nas demais e aguardar dois ou três dias;
  • Plantas em floração, melhor evitar. Mas, se for inevitável, aplicar em doses bem reduzidas, pois são muito sensíveis. Recomenda-se testes prévios; inicie com 0,5% (5 ml/litro);
  • Uma vez diluído em água, deve ser usada no mesmo dia, para não perder o efeito;
  • Parar com a aplicação pelo menos 10 dias antes da colheita de alimentos;
  • De preferência, usá-lo de forma preventiva;
  • Não aplique 10 dias antes da colheita de alimentos;
  • Funciona melhor se aplicada preventivamente;
  • É preciso haver um intervalo de no mínimo 15 dias após a aplicação de SULF-MAX® para aplicar calda bordalesa ou óleo mineral;
  • Não misture com óleo mineral e nem sais micronutrientes (acido bórico, sulfato de zinco, sulfato de magnésio entre outros) ou outros fertilizantes foliares;
  • Em plantas da família das rosáceas (pessegueiro, ameixeira, pereira e macieira) não aplique em períodos vegetativos, use somente como tratamento de inverno, quando as plantas perdem as folhas, situação em que se pode utilizar em maior concentração (3 a 4%) para controle de fungos, liquens, musgos e insetos, e desinfecção de ferimentos de poda para auxiliar na cicatrização;
  • SULF-MAX® é contra indicado para cucurbitáceas; não aplique em pepino, abóbora, melancia, melão…;
  • Em culturas instaladas em estufas reduzir em 50% as dosagens e fazer os tratamentos em períodos frescos;
  • Em cultura de café realizar no máximo duas aplicações por ano;
  • Em processos de recuperação e conversão de pomares tradicionais para o sistema de práticas orgânicas, recomenda-se pincelar SULF-MAX® nos troncos das árvores, preventivamente, ou se já apresentam ataques de cochonilhas, fungos, brocas de insetos ou necroses de origem diversa;
  • Não aplique se houver previsão de geadas, sob o sol ou com temperaturas superiores a 32°C, sendo conveniente testar em algumas plantas antes de se pulverizar em grandes áreas para evitar problemas de toxidez sobre as mesmas.

 

CUIDADOS

SULF-MAX® é um produto alcalino e corrosivo, atente para as recomendações abaixo:

  • A nossa pele é sensível à SULF-MAX®, recomendamos o uso de luvas;
  • Muito cuidado com os olhos. Melhor usar óculos de proteção;

 

IMPORTANTE:

Para evitar a corrosão do equipamento, após o uso, lave-o muito bem com água e em seguida utilize uma solução a 10% de limão ou vinagre e repita a lavação (inclusive, bombeando para que dutos e bicos metálicos também fiquem protegidos). Depois, lubrifique o pulverizador antes de guardá-lo para evitar que se enferrujem.

 

As informações complementares desta página foram obtidas em trabalhos de revisão de literatura, experiências próprias da CASA DA MINHOCA ou de seus parceiros/ clientes.

Contatos:

Márcia: 62 9 9611-0855   –   Aluísio: 62 9 8463-0677